DANDO MILHO AOS POMBOS …

 

 


 

https://www.youtube.com/watch?list=RDw3v8fhMf6PA&v=HzasUyYX3-k

O fascismo é um estilo de morte em vida… e de morte da vida

O fascismo é um estilo de morte em vida e de morte da vida.

Quem o segue tem que odiar, ser racista, ser extremista, raivoso, nacionalista.

Retrógrado, conservador, ignorante, misógino, homofóbico.

O fascista não reflete, não questiona.

Não aceita ser contestado. Ignorante extremado.

O fascista não conduz, é conduzido. Desagradavelmente submisso.

Os seus inimigos são quem seus líderes dizem que são.

Os seus líderes são insensíveis. Criminosos compulsivos.

Cheios de caras-e-bocas. Gestual. Feições de cachorro raivoso.

Aparentam coragem, por trás covardes, chorões.

Ameaçadores contra os fracos, manso com os poderosos.

Obstinados. Presunçosos. Gritam.

O fascista é o idiota no ápice.

O fim do fascismo, dos fascistas, é trágico. E levam muitos com eles.

Não constroem, destroem.

Ao contrário de Midas, tudo que tocam se transforma em enxofre.

As junções dessas características lhes tornam seres abjetos. Detestáveis.

O fim do fascista é a vitória do indivíduo;

A derrota do fascismo é a vitória da civilização.