PT — EM MEMÓRIA DE FERDINANDO IMPOSIMATO: A SUA DENÚNCIA DO PAPEL DA NATO NAS ESTRATÉGIAS

 

EM MEMÓRIA DE FERDINANDO IMPOSIMATO: A SUA DENÚNCIA DO PAPEL DA NATO NAS ESTRATÉGIAS

Comissão promotora da campanha #NO WAR #NO NATO

Itália

 


JAN 3, 2018 – Ferdinando Imposimato morreu, um homem que fez da defesa da Constituição, o seu programa político e humano de magistrado. Serviu o povo sem tácticas, sem hesitação, sem ganho pessoal.

Combateu a máfia e o terrorismo, pagando um preço duríssimo: o assassinato do seu irmão Franco, às mãos da Camorra.

A Comissão No Guerra No NATO, da qual foi um dos promotores, recorda-o com profunda gratidão pelo grande contributo que deu à luta por uma Itália soberana e neutra, para a execução do Artigo 11 da Constituição.

A melhor maneira de recordá-lo é divulgar a sua intervenção na Convenção, onde o CNGNN apresentou o seu programa, em Outubro de 2015. Convidamos todos a divulgá-lo do modo mais amplo possível.

No seu discurso na Convenção, o magistrado Ferdinando Imposimato, Presidente Honorário do Supremo Tribunal de Cassação, resume os resultados das investigações conduzidas por ele, do qual surge o papel da NATO nos massacres que ensanguentaram a Itália.

Uma denúncia categórica, ignorada por esse mundo da comunicação mediática política que, hoje,  enaltece formalmente  a sua memória.

ASSINA ESTA PETIÇÃO

Tradutora: Maria Luísa de Vasconcellos