‘A UCRÂNIA EM CHAMAS’ Documento de Oliver Stone sobre a destruição da Ucrânia pelos EUA. Finalmente disponível no OCIDENTE (VIDEO)

‘UCRÂNIA EM FOGO’
Documento
de Oliver Stone sobre a destruição da Ucrânia pelos  EUA. Finalmente disponível no OCIDENTE (VIDEO)


“O filme foi originalmente lançado em 2016, mas, sem que houvesse surpresa, Stone enfrentou problemas na distribuição do filme nos EUA e nos países ocidentais.
Uma versão dobrada em russo ficou disponível quase de imediato e foi exibida  na Rússia, na TV, mas os povos do “mundo” livre ” não tiveram acesso ao filme completo”.
 

Finalmente, o documentário influente e importante de Oliver Stone, Ucrânia em Chamas, foi disponibilizado para ser visto no Ocidente.

A Ucrânia, a “fronteira” entre a Rússia e a Europa “civilizada” está em chamas. Durante séculos, esteve no centro de um jogo de ‘puxar a corda’, de guerra entre poderes que procuraram controlar o seu território fértil e o acesso da Rússia ao Mediterrâneo.

O Massacre de Maidan, no início de 2014, desencadeou uma revolta sangrenta que expulsou o Presidente Viktor Yanukovych, encorajou os habitantes da Crimeia a separarem-se e a juntarem-se à Rússia e provocaram uma guerra civil no leste da Ucrânia.

A Rússia foi exposta pela comunicação mediática ocidental como sendo a criminosa e foi sancionada e amplamente condenada como tal. Mas será que a Rússia foi responsável pelo que aconteceu?

 A Ucrânia em Chamas fornece uma perspectiva histórica das divisões profundas que existem na região e que conduziram à Revolução Laranja de 2004, às insurreições de 2014 e à destituição violenta de Yanukovych, eleito democraticamente.

 Noticiada pela comunicação mediática ocidental como uma “revolução popular”, foi, de facto, um golpe de Estado, cuja argumentação e encenação, foram levadas a cabo por grupos ultra-nacionalistas e pelo Departamento de Estado dos EUA.

O jornalista investigador, Robert Parry, revela como as ONGs https://www.significados.com.br/ong/  e as empresas da comunicação mediática ocidental, financiadas pelos EUA,  surgiram desde a década de 1980, substituindo a CIA na promoção da agenda geopolítica dos Estados Unidos no exterior.

O produtor executivo, Oliver Stone, ganhou acesso sem precedentes à explicação conhecida apenas, pelos que estavam mais envolvidos neste assunto, devido às suas entrevistas filmadas com o antigo Presidente Viktor Yanukovych e com o Ministro do Interior, Vitaliy Zakharchenko, que explicam como o Embaixador dos EUA e as facções em Washington, planearam, activamente, a mudança de regime.

E, no seu primeiro encontro com o Presidente russo, Vladimir Putin, Stone solicita a opinião de Putin sobre o significado da Crimeia, da NATO e a história de interferência dos EUA nas eleições e na mudança de regime, na região.

O filme foi originalmente lançado em 2016, mas sem surpresa, Stone enfrentou problemas para distribuir o filme nos EUA e nos países ocidentais. Uma versão dobrada em russo estava disponível quase que imediatamente e foi exibida na TV, na Rússia, mas as pessoas do “mundo livre” ficaram sem acesso ao filme completo.

Agora, finalmente, a exposição completa está disponível no YouTube. Embora, claro está, que todos sejam encorajados a comprar uma cópia do mesmo, a fim de apoiar o importante trabalho de Stone.

Tradutora: Maria Luísa de Vasconcellos